18 de maio de 2011

O "Peso Pesado" e os "amarelos ao ataque": chamam a isto uma refeição equilibrada?


Ontem os concorrentes tiveram mais um encontro com a fisiologista Teresa Branco, o "cérebro" por detrás da alimentação dentro da herdade.Espero que todos já tenham percebido a necessidade de ponderar o que se ouve e não se ponham a comer bifes fritos. Começa a tornar-se confrangedor... Não a veracidade da afirmação mas não terem afastado a sombra de que seria a forma mais saudável de cozinhar de forma a reduzir as calorias, esse "monstro" tão mal compreendido. Mas o que quero comentar hoje é a receita apresentada, um caril de frutas e legumes supostamente equilibrado.


Eu sou grande fã de caril e aquilo até não tinha mau aspecto. A receita encontra-se disponível no site oficial do programa e todos a podem reproduzir. É curioso que a informação nutricional detalhada não seja apresentada. Tudo o que nos foi dito é que teria perto de 300 kcal e que era uma refeição saudável e equilibrada. Eu calculei uma aproximação dos valores e foram estes os resultados (clique para ampliar):


Como vemos, o valor energético está de acordo com o referido. Mas chamam a isto uma refeição equilibrada? Onde está a proteína? Uma porção fornece 40g de hidratos de carbono, 19g de gordura e uns míseros 3g de proteína de fraco valor biológico.

Juntar hidratos de carbono de IG médio e alto a gorduras não é uma boa opção. Embora a gordura atrase a absorção intestinal dos açúcares, já vimos que a resposta insulínica é exacerbada por esta combinação.

Mas isto é um pequeno pormenor comparado à carência proteica da refeição. Lembre-mo-nos do que foi dito aquando do episódio com os enlatados. Os concorrentes precisam de proteína para sustentar a actividade física. Certíssimo mas... onde está a proteína agora?

Chamem a esta refeição caril, "amarelos ao ataque", ou outra coisa qualquer. Chamem-lhe tudo menos uma refeição equilibrada.



5 comentários:

  1. Boas. Como consegues calcular estes valores todos! pergunto-me se era possivel fazer o mesmo quando invento as minhas refeiçoes em casa!!!

    ResponderEliminar
  2. Calcular o valor nutricional de uma refeição não é uma ciência muito complicada... basta saber exactamente quanto e o que se usa

    ResponderEliminar
  3. com uma balança e a tabela né! e onde anda a tabela para todos os ingredientes que usamos?

    ResponderEliminar
  4. Dá uma olhada no separador "Composição dos alimentos" no header do blogue

    ResponderEliminar
  5. Mais uma vez parabens pelo magnifico trabalho...
    Em relaçao ao conteudo da noticia em si, sao lamentaveis as barbaridades ditas pelos "nutricionistas" ainda por cima num programa onde vários tipos de pessoas estão a assistir ( pessoas que nao ligam, pessoas que ficam a pensar e pessoas que tudo o que ouvem experimentao ). Perigoso e arriscado pois estao a criar mais professores de casa porque se a nutricionista importante da TV disse é porque tem razao e nem que venha depois o papa explicar demove este tipo de pessoas destas alimentaçoes caricatas e muito prejudiciais.

    abraços
    Hugo Montenegro

    ResponderEliminar