3 de maio de 2011

Seminário "Inflamação e Dor Crónica: Papel da Nutrição e do Estilo de Vida" - 21 e 22 de Maio, Lisboa


A realizar-se nos próximos dias 21 e 22 de Maio em Lisboa, o seminário "Inflamação e Dor Crónica: Papel da Nutrição e do Estilo de Vida", promovido pela consultora Nutriscience, promete vir a ser muito produtivo e enriquecedor para todos os profissionais na área da nutrição, desporto, saúde, ou simplesmente para quem pretende aprofundar um pouco mais o tema. Prevejo uma abordagem fora do convencional que nos fará pensar e questionar muito do que se assume como certo.


O seminário terá a duração de 14 horas, com os seguintes temas em agenda:

   1. Conceitos de Alimentação e Nutrição:
            Aspectos históricos e evolutivos da Nutrição e Alimentação
            Macronutrientes (Glícidos, Prótidos e Lípidos)
            Micronutrientes (Vitaminas e Minerais)
            Antinutrientes
   2. Conceitos de Imunologia
   3. Fundamentos de Inflamação:
            Inflamação Aguda
            Resolução da Inflamação
            Inflamação Crónica
   4. Consequências da Inflamação Crónica
   5. Papel da Nutrição e Estilo de Vida na Inflamação Crónica
   6. Estratégias nutricionais para a Inflamação e Dor Crónica:
            Redução do Potencial inflamatório da Dieta
            Nutracêuticos e Alimentos Funcionais

A formação irá ser dirigida por dois investigadores: Maelan Fontes Villalba e Pedro Carrera Bastos, ambos afiliados à Universidade de Lund, Suécia. Posso dizer que conheço pessoalmente o Pedro Bastos e garanto que será um seminário cativante, pelo menos para quem gosta de ser desafiado a ver as coisas por outro prisma, uma abordagem pouco convencional mas a que ninguém ficará indiferente.

O preço é bastante acessível, 125 EUR. O seminário terá lugar no Hotel Mundial, Rua Dom Duarte, 4 Martim Moniz, Lisboa. Mais informações sobre o programa, curriculum dos formadores e inscrição no website da Nutriscience. Recomendado!




1 comentário:

  1. Concordo com tudo menos com o facto do preço ser acessível. Por exemplo, o congresso da ACSM, uma referência mundial custa 75 dolares para estudantes ou por exemplo, o congresso mundial de diabetes que vai decorrer no dubai em dezembro custa 100 euros...

    ResponderEliminar