12 de julho de 2011

O exercício afecta a sinalização hormonal após uma refeição


Um trabalho a ser apresentado no próximo meeting anual da Society for the Study of Ingestive Behavior (SSIB) mostra que alterações na sinalização de hormonas relacionadas com a ingestão alimentar podem contribuir para o efeito benéfico do exercício no controlo do peso. As hormonas gastrointestinais são libertadas antes e após uma refeição para iniciar e terminar o evento. Os autores deste estudo quantificaram a libertação hormonal em resposta a uma refeição, antes e após uma sessão de exercício físico (corrida na roda). Nos ratos que mais corriam, a refeição aumentava os níveis de um inibidor do comportamento alimentar, a amilina. Após essa refeição, os mesmos ratos mostram um decréscimo mais rápido da grelina, um estimulante do apetite. A equipa demonstrou ainda que, em comparação a ratos sedentários, os animais que se exercitavam reduziam a ingestão de comida de forma mais robusta após tratamento com colecistocinina, uma hormona que limita o volume da refeição.

O Dr. Nu-Chu Liang diz, “os nossos novos resultados indicam que os efeitos benéficos do exercício para controlar o peso corporal podem ocorrer através da alteração da forma como uma refeição liberta hormonas gastrointestinais que regulam o comportamento alimentar, e também através da alteração da sensibilidade a estas mesmas hormonas”.





Effects of exercise on meal-related gut hormone signals

Sem comentários:

Enviar um comentário