9 de maio de 2012

200 000 visitas! :)


O blogue passou recentemente as 200 000 visitas! Obrigado a todos os que me seguem e que partilham comigo o gosto pelo conhecimento e, acima de tudo, o interesse por um estilo de vida saudável. Este espaço começou como um veículo de informação técnico-científica para um target mais selectivo e conhecedor. Apesar de não querer por de parte essa vertente, neste momento tenho como objectivo transmitir informação mais prática e do interesse geral. Conto com todos vós para fazer o blogue crescer e com as vossas sugestões de temas para discutir e desenvolver. E já sabem... Se gostarem dos conteúdos partilhem... :)

Obrigado :)

4 comentários:

  1. Parabéns! Espero que não deixes de nos manter informados e que não pares de dar a tua opinião sobre os assuntos que aches pertinentes.

    Mais uma vez, parabéns pelo blogue.

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabens. É sempre um prazer ler e aprender com os teus artigos. Continua o bom trabalho e estás sempre condenado ao sucesso. Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Olá Sérgio
    Cheguei ao seu blogue através de um comentário que fez num post sobre um jantar paleolítico no "mais olhos que barriga".
    Já tinha lido, há tempos, algumas coisas sobre dieta paleolítica, mas confesso que na altura não aprofundei o assunto o suficiente para começar a redirecionar a minha alimentação(tendo sido vegetariana durante mais de 2 décadas, admito que esse tivesse sido um dos fatores...se não "0" fator).
    Tenho estado a percorrer o seu blogue com imensa atenção e através dele cheguei a outros blogues direcionados para a dieta paleo.
    Uma das dificuldades que encontro é que as listagens de alimentos que devem ser incluídos ou excluídos de uma dieta paleo não são lineares: uns excluem os laticínios, mas sugerem a utilização de manteiga; outros "autorizam" a ingestão de qualquer quantidade de fruta, enquanto que outros limitam o seu consumo e desaconselham fortemente o uso de sumos de fruta (naturais); uns excluem as ervilhas e as sementes chia, outros não; uns apresentam receitas com salsichas, outros incluem-nas nas listas dos alimentos mais prejudiciais...e a lista é longa...
    Isto já sem falar nas caixas de comentários onde se esgrimem argumentos a favor e contra a dieta recorrendo-se a estudos científicos que revelam resultados convenientes aos argumentos em questão (para leigos é difícil perceber que estudos são mais válidos...).
    Bom, isto tudo para lhe dizer que o seu blogue tem permitido uma (outra)reflexão mais profunda e consciente daquilo que como (os latícinos e os grão representavam já uma percentagem muito diminuta da minha alimentação).
    Em relação às sugestões de temas que pede aos seus leitores, por que não mais informação sobre planeamento de refeições. Creio que para quem quer fazer alterações na alimentação, pode ser uma ajuda substancial.
    Já agora, o mel é paleo? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado :) fico muito contente por receber o feedback dos leitores.

      Em relação ao mel, ele poderá ser consumido com moderação. Apesar de ser um alimento natural, ele estaria disponível em pequenas quantidades e com alguma sazonalidade que não iria permitir a sua ingestão frequente.

      Cumprimentos

      Eliminar