10 de maio de 2012

Receita: Espetadas de camarão grelhado





Ingredientes:

900 g - 1 Kg de miolo de camarão grande sem vísceras
3 dentes de alho picado
80 mL de azeite virgem extra
60 mL de polpa de tomate
30 mL de vinagre de vinho tinto
2 tsp de manjerição
Sal e pimenta cayenne q.b.
Palitos para espetadas

Doses: 6

Preparação:

- Numa taça grande, misture o alho, azeite, tomate e vinagre. Tempere com o majericão, sal e pimenta. Junte o camarão e mexa para envolver. Cubra e refrigere durante 30-60 min, mexendo esporadicamente.

- Pré-aqueça o grelhador a uma temperatura média-alta e unte ligeiramente com um pouco de azeite.

- Descarte a marinada e espete os camarões com os palitos da cabeça à cauda (ver foto).

- Cozinhe os camarões durante cerca de 3 min de cada lado.

Informação Nutricional (por dose):

Energia: 270 kcal
Proteína: 31 g
Hidratos de Carbono: 3 g
Gorduras: 14 g

3 comentários:

  1. Caro Sérgio,

    Gostaria de recuperar um post antigo, e como não sei se acompanha os tópicos antigos, colocarei a minha dúvida aqui.

    No artigo em questão afirma "Para mim as conclusões deste ensaio são claras. Comendo hidratos de carbono de elevada carga glicémica, é melhor fazê-lo apenas numa refeição e evitar mais picos de insulina durante o dia. A razão de os autores terem optado por incluí-los à noite deve-se a resultados prévios com muçulmanos, que exibem esse comportamento no Ramadão, que indicam uma alteração benéfica no padrão diurno de secreção de leptina. Mas arrisco-me a dizer que qualquer regime em que os amidos forem consumidos num evento singular irá resultar em maior perda de gordura do que uma dieta que os espalha ao longo do dia. De qualquer forma, não comer hidratos de carbono à noite é mais um mito que fica desfeito. O que realmente conta são os níveis médios de insulina durante todo o período em que estamos acordados."

    Gostaria se essa sugestão é valida para todo o tipo população, e mais concretamente, se é válida para 1) alimentos com baixo nível glicémico? 2) é valida para indivíduos com peso normal? 2.2) indivíduos com peso normal que, embora não sedentários, não pratiquem AF de elevada intensidade, mas exclusivamente moderada?

    Têm sido leituras recentes agradáveis graças ao seu blog.

    O meu obrigado e um abraço,

    Jorge

    ResponderEliminar
  2. Caro Sérgio,

    Como não sei se acompanha posts antigos, gostaria de colocar-lhe uma dúvida relativamente a um post mais antigo aqui.

    Nele, afirmou: "Para mim as conclusões deste ensaio são claras. Comendo hidratos de carbono de elevada carga glicémica, é melhor fazê-lo apenas numa refeição e evitar mais picos de insulina durante o dia. A razão de os autores terem optado por incluí-los à noite deve-se a resultados prévios com muçulmanos, que exibem esse comportamento no Ramadão, que indicam uma alteração benéfica no padrão diurno de secreção de leptina. Mas arrisco-me a dizer que qualquer regime em que os amidos forem consumidos num evento singular irá resultar em maior perda de gordura do que uma dieta que os espalha ao longo do dia. De qualquer forma, não comer hidratos de carbono à noite é mais um mito que fica desfeito. O que realmente conta são os níveis médios de insulina durante todo o período em que estamos acordados."

    O que eu gostaria de clarificar é se a recomendação anterior é para toda a população, e mais concretamente, se esta é válida para 1) alimentos com baixo nivel glicémico? 2) é válida para indivíduos com peso normal? 2.2) indivíduos com peso normal que, embora não sedentários, não pratiquem AF de elevada intensidade, mas exclusivamente moderada?

    Obrigado pelo seu blog. Tem ocupado várias horas dos meus últimos dias.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Shrimp BBQ is the best! Would have loved to taste this sort of food here in my state.

    ResponderEliminar