20 de outubro de 2012

O que faria com mais 5 anos de vida?


O que faria com mais 5 anos para viver? Este foi o tempo que a sociedade moderna retirou aos nossos filhos. Este foi o tempo que o sedentarismo e os maus hábitos alimentares roubaram à nossa vida. Pela primeira vez na história da humanidade a esperança média de vida espera-se que diminua. As projecções apontam para que os nossos filhos vivam menos 5 anos do que nós, e isso é assustador. Cabe a nós devolver-lhes aquilo que no fundo fomos nós a roubar. Está pronto para a mudança?

19 de outubro de 2012

A Dieta dos Nossos Ancestrais - um novo livro sobre a dieta Paleo, agora em Português



Foi lançado muito recentemente mais um livro sobre a Dieta Paleolítica, desta vez em Português. A obra é da autoria de Caio Augusto Fleury, responsável pelo site www.primalbrasil.com.br. Caio leva o leitor a uma fascinante jornada pela evolução do Ser humano, atento às mudanças no nosso estilo de vida, hábitos alimentares, e à deterioração da saúde no Mundo Moderno. Mas mais do que um simples olhar pelo Passado, "A Dieta dos Nossos Ancestrais" pretende ser um guia na jornada por uma vida saudável. Aqui fica uma curta entrevista ao autor que é um "cheirinho" do que poderá encontrar no livro, ainda não disponível em Portugal.

18 de outubro de 2012

Tamanho dos pratos cresceu 36% entre 1970 e 2007



O desperdício alimentar é um dos principais problemas mundiais, sobretudo numa altura em que o preço dos alimentos se prepara para disparar, consequência de várias crises climáticas em 2011. Este problema, porém, ganha toda uma nova dimensão quando falamos do mercado norte-americano. De acordo com a especialista em alimentação Dana Gunders, os últimos quarenta anos foram marcados, neste sector, por um crescimento de tudo: doses nos restaurantes, supermercado e, imagine-se, até do tamanho dos pratos.

Prato Saudável - novo ícone da alimentação em Portugal foi lançado no dia 16/10/2012



No passado dia 16, Dia Mundial da Alimentação, estive presente no lançamento do "Prato Saudável", um projecto inovador a nível nacional que visa facilitar a percepção das proporções de nutrientes necessárias a uma refeição saudável. Este ícone veio em parte colmatar as insuficiências da roda dos alimentos cujo objectivo é representar os grupos alimentares que devemos ingerir durante o dia e não o que deve ser uma refeição principal no que respeita às proporções de macronutrientes. Apesar de eu não estar de acordo com o que é normalmente recomendado pelo entidades oficiais, o objectivo destes ícones é louvável como instrumento educativo. E com este até me identifico um pouco.

15 de outubro de 2012

Curso de Nutrição Clínica - o dia depois



No passado fim-de-semana foi concluído o primeiro módulo do curso de pós-graduação em Nutrição Clínica da Nutriscience. Os primeiros dois dias foram da minha responsabilidade e durante 12 horas falei sobre macronutrientes e regulação do metabolismo. No domingo o meu amigo Pedro Bastos falou de micronutrientes e de nutrição numa perspectiva evolutiva e científica. Apesar de reconhecer as dificuldades em compreender uma matéria tão complexa em tão pouco tempo, considero que foi um sucesso e que as ideias principais foram assimiladas pelos formandos. Foi um prazer dar uma aula a um grupo tão variado de pessoas com a nutrição como interesse comum. Estiveram presentes médicos, profissionais do exercício, acupuntores, nutricionistas, eng. agrários, entre outros. O melhor em ser professor é que aprendemos sempre um pouco e desta vez não foi excepção. Um tão vasto leque de experiências só veio enriquecer o curso e dar-lhe um maior sentido de aplicabilidade clínica. Da minha parte espero ter estado à altura e que tenham desfrutado da aula tanto como eu, mesmo quase perdendo a voz :). Um especial obrigado aos meus amigos Pedro Bastos, André Matias e Alexandre Azevedo pelo empenho na organização deste curso.

Aqui ficam algumas fotos... 

3 de outubro de 2012

Practice 2012, 27-28 de Outubro


Depois de marcar presença na edição de 2011 conto também assistir ao ciclo de conferências deste ano. Uma grande oportunidade para me por a par dos últimos desenvolvimentos nas ciências do desporto e desempenho físico, uma área que, embora não seja o meu foco principal de interesse, é essencial para complementar a informação que tento veicular. Aconselho vivamente a todos os profissionais do desporto.