19 de novembro de 2012

Beber chá verde parece diminuir o Índice Glicémico dos alimentos


Um ingrediente no chá verde ajuda a reduzir os picos de glicemia em ratos pode impulsionar novas estratégias de dieta para humanos.



Ratos que ingeriram um antioxidante presente no chá verde - epigalocatequina-3-galato (EGCG) - e amido de milho revelaram uma redução significativa na glicemia pós-prandial comparativamente a animais a que não foi administrado esta catequina. Segundo o investigador principal, Joshua Lambert, "o pico da glicose sanguínea é cerca de 50% inferior do que o aumento verificado em ratos a que não foi dado EGCG". A dose administrada foi o equivalente a cerca de 1 chávena e meia de chá verde para um humano.

Os investigadores mostram também que o EGCG parece mais eficaz quando ingerido em simultâneo com o amido de milho. Transpondo estes resultados para os nossos hábitos, beber chá verde às refeições poderá ajudar a diminuir o impacto glicémico dos alimentos muito ricos em amido. "Se o que está a comer com o chá tem amido, poderá verificar um efeito benéfico".

É interessante verificar que o EGCG não teve um efeito significativo quando os animais ingeriram glicose ou maltose, mas apenas com alimentos ricos em amido. A enzima alfa-amilase é responsável pela degradação do amido em glicose e maltose. É provável que o EGCG iniba esta enzima uma vez que a equipa observou uma actividade reduzida em 34%.

Lambert lembra que, segundo estes dados, a adição de açúcar ao chá irá impedir o efeito benéfico que este tem na glicemia. Importante também é o facto de o chá verde dever ser ingerido em conjunto com os alimentos ricos em amido, como massas arroz, batatas, etc. O objectivo do investigador é agora estudar este efeito em humanos, o que, dadas as doses reduzidas que indiciam efeito, não será metodologicamente desafiante.

Fonte: Penn State University

5 comentários:

  1. Gostei, mas tenho uma dúvida. Um dia li que o chá verde impede a absorção de ferro e de outros micronutrientes. Sendo assim, ingeri-lo numa refeição com carne não estaria a criar uma insuficiência de ferro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poderá acontecer devido aos oxalatos. No entanto, apesar da ligeira inibição que possa haver, é muito pouco provável que dê em deficiência.

      Eliminar
  2. mas e na questão do chá verde em cápsulas, quantas miligramas seriam interessantes ingerir após a refeição. tenho um chá onde cada cápsula tem a concentração de 500mg.

    ResponderEliminar
  3. É preciso ver quanto dessas 500 mg são EGCG, o que deve dizer na embalagem (standardizado para...). 1,5 chávenas é o equivalente a cerca de 300 mg de EGCG.

    ResponderEliminar
  4. sim meu filho tem 12 anos e é portador de diabetes tipo 1 insulino dependente,e depois que eu conheci os beneficios do cha verde pra baixar a glicemia,consigo baixar a glicemia dele,quando tá HI em casa sem ter que ir pro hospital,dentro de 1hora e meia duas horas a glicemia dele cai de HI PARA 180,220,O QUE PRA MIM É SENSACIONAL JÁ FAZ MESES QUE ELE NAO FICA INTERNADO O CHÁ VERDE AJUDA ATÉ NOS CASOS DE CETOACIDOSE DIABÉTICA,O CHÁ VERDE EÉ UM MILAGRE NATURAL DE DEUS PARA OS DIABÉTICOS

    ResponderEliminar