19 de janeiro de 2013

O milagre das Cetonas de Framboesa (Raspberry Ketones)



Parece óbvio já em Janeiro qual vai ser o produto do ano para perda de peso. São já várias as pessoas que me contactam a pedir uma opinião sobre ele. Para esclarecer todos ao mesmo tempo decidi escrever este pequeno artigo. O Dr. Oz, um tal vendedor de banha da cobra Norte-Americano, tratou de impingir ao Mundo as cetonas de framboesa como o milagre que todos esperavam para emagrecer (coisa que ele faz de forma recorrente... Há mais milagres ali do que em Fátima). E em que evidências se baseia? Dois estudos: um em ratos e outro em cultura de células. E ela diz research, research, research...

-->

As cetonas de framboesa, menos conhecidas como 4-(4-hidroxifenil) butano-2-ona (percebe-se porquê...), são compostos aromáticos presentes em alguns frutos silvestres. Na verdade, e apesar do nome, elas foram isoladas pela primeira vez da amora e não da framboesa. Para além do novo uso que agora lhes foi dado, as cetonas de framboesa (vamos chamar-lhes RK, de Raspeberry Ketones) são há muito usadas como fragrância em perfumaria e como aditivo alimentar.

A investigação das RK como potencial agente lipolítico deriva da sua semelhança estrutural e química com outros dois compostos, a sinefrina e a capsaicina, também eles utilizados desde há muito em alguns produtos para perda de peso. Em 2005, uma equipa de investigadores Japonesa testa essa hipótese em ratos alimentados com uma dieta rica em gordura e verifica que as RK previnem o aumento de peso induzido pela intervenção hiperlipídica. Um aspecto muito interessante quando trabalhamos com ratos é que podemos administrar doses estupidamente altas sem que eles se queixem, como foi o caso. Por cada 100 g de alimento ingerido, 1 a 2 g eram cetonas de framboesa (1 e 2 % respectivamente). O efeito foi apenas evidente a partir desta dosagem e não com 0,5%.

Uma possível explicação apontada para o potencial efeito protector das RK no ganho de peso induzido pela dieta é a inibição da lípase pancreática, enzima que intervém na digestão das gorduras alimentares. Não havendo digestão, essas gorduras são eliminadas nas fezes sem que haja absorção. Mas, mais uma vez, as doses necessárias para potenciar esse efeito são também absurdamente elevadas (5%).

Dada a semelhança entre as RK e a sinefrina, é possível que exista um mecanismo comum entre os dois compostos. A sinefrina actua como um agonista beta-adrenérgico (semelhante à norepinefrina) que, via cAMP, activa a HSL (hormone-sensitive lipase) estimulando a lipólise nos tecidos. Por seu lado, as RK parecem não actuar directamente nos beta-AR, mas aumentando a capacidade lipolítica da norepinefrina (ou noradrenalina). Por outras palavras, as RK poderão aumentar a capacidade lipolítica endógena sem a induzirem por si. Não se conhece ao certo o mecanismo mas poderá estar relacionado com promoção da interacção entre a HSL e o "glóbulo" de gordura no adipócito.

Mais tarde, em 2010, investigadores coreanos avaliaram o efeito das cetonas de framboesa em adipócitos de cultura (in vitro). No fundo, este estudo veio apenas reforçar os resultados anteriores e sugerir também que as RK poderiam aumentar a produção de adiponectina no adipócito, provavelmente via activação do factor de transcrição PPAR-gama. Alguns efeitos anti-inflamatórios verificados poderão também ser explicados por este mecanismo, bem como a maior sensibilidade à acção da insulina. Outros trabalhos em animais apontam igualmente para um eventual efeito benéfico no tratamento e prevenção da esteatose hepática (fígado gordo), em grande parte pelo aumento da oxidação de ácidos gordos, menor lipotoxicidade e inibição da inflamação causadora de resistência à insulina. Tudo isto numa caixa de petri.

É bom sublinhar que as quantidades de RK presentes nos frutos, nomeadamente na framboesa, é muito pequena. Cada Kg contém entre 1-4 mg de RK, logo, para obter as 100 mg que eu penso ser a dose da maioria dos suplementos no mercado, teríamos de ingerir quase 50 Kg de framboesas. Obviamente que não é possível. O problema é que não existe uma dose efectiva estabelecida para humanos, simplesmente porque não há um único estudo com humanos. That simple. Os consumidores estão a fazer de cobaia. E se tivermos em consideração as dosagens utilizadas no estudo citado com ratos, 100 mg é bastante modesto.

Riscos para a saúde não é de esperar que existam, para mais nas doses relativamente baixas com que as cetonas de framboesa estão a ser recomendadas.  Benefícios e um efeito na perda de peso é que eu também duvido. Não vou ser peremptório a afirmá-lo, mas não existe um único estudo em que me possa basear para acreditar no contrário.

Qualquer pessoa atenta ao mercado de suplementos alimentares se apercebe de que estas coisas são cíclicas. Todos os anos surge um novo produto milagroso. Em 2012 foi o óleo de coco. Agora são as cetonas de framboesa. Funcionam? Não sei... ninguém sabe. Estou certo de que agora, depois de toda este hype, irão surgir ensaios controlados e randomizados para testar as RK contra placebo. Só espero é que não sejam promovidos no show do Dr. Oz como aconteceu com o café verde... Peço desculpa se ofendo os fãs, mas o homem é um logro num espectáculo de pseudociência.

68 comentários:

  1. Eu não vou comentar este artigo porque não tenho conhecimento de causa para o fazer e muito menos a parte das Cetonas de Franboesa, apenas posso comentar aquilo que para mim é obvio que é "Portugal no seu melhor", ou seja dizer mal dos outros, não sabemos do que estamos a falar, vemos uma homem num Show Americano onde tem conselhos muito bons e outros que não são nada de especial, mas não a primeira coisa que fazemos é dizer que ele é um vendedor da Banha da Cobra. O Dr. Oz é um excelente médico que se preocupa e muito com a saude dos Americamos, pois como todos sabemos grande parte da população é obesa, dá dezenas de concelhos uteis sobre aliemntação, como comer, o que comer e na minha humilde opinião o que ele tenta fazer é despertar os Americanos e não só para o Fast Food, para as gorduras, oléos hidrogenados, mas não o homen tem o azar de promover um produto e logo a seguir é atacado, é tão bom sermos humildes e sabermos comentar a opinião dos outros sem dizer mal. Sejam felizes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Filipe,

      Sou cientista, como tal comento ciência, NESTE CASO a falta dela. E não é Portugal no seu melhor... posso indicar alguns bloggers Americanos com uma opinião bem pior que a minha. Dizer "mal" de alguém que todas as semanas vem com um milagre novo? Sure... Eu Chamo-lhe informar... Sem interesses comerciais subjacentes. Garanto-lhe que no dia em que as Cetonas de Framboesa provarem ser eficazes num RCT, sou o primeiro a dar razão ao doutor...

      Cumprimentos

      Eliminar
    2. Não seja ingénuo, Filipe ou não se faça passar por inocente. Façamos umas perguntas simples: Quais são os interesses que estão por trás das informações do Dr Oz? Que produtos estão associados a este programa? Quem está a ganhar com tudo isto? Quem ganha com esta publicidade? Quem paga o trabalho dos publicitários?
      O Dr Oz é um publicitário de sucesso.
      Temos que ter um pensamento critico e estar preparados para saber distinguir entre as informações boas e as mais duvidosas... É nesses momentos que devemos estar atentos ao que dizem os cientistas, os verdadeiros, que não nos querem vender nada.
      Margarida

      Eliminar
    3. Antes de mais devemo-nos situar aonde este programa é apresentado. Sim, num país que se processa por tudo e por nada! Que eu saiba ele não aconselhou a comprar no lugar x, até porque dá o nome do composto, e não a marca nem o fabricante. O máximo que pode conseguir é vender mais framboesas nos supermercados! Se calhar é accionista do continente. Em todo o caso, viva os cientistas! Das poucas vezes que o vi, não me pareceu que estivesse a vender nada. Banha da cobra já eu vi vender em Portugal com mais facilidade, e sem nenhuma consequência para quem vende. Sejamos construtivos e não imbuídos de um espírito de pura detracção! Da mesma forma que se alvitra aqui que não é um facto cientifico, não me parece de bom-tom referir-se ao Sr. como vendedor da banha, e depois perder-se em explicações para concluir nada, a não ser que, o Sr. é vendedor da banha de cobra! Ninguém criterioso começa a opinar e a detratar de imediato as criaturas para depois copiar excertos de artigos que não concluem nada! No fundo não sei se a cetona é boa ou se o Sr. Ozi é que é mau!

      Eliminar
    4. Eu Raspberry Ketones nunca tomei, mas ando a tomar uns comprimidos à base de Quitosana chamados Proactol XS (pesquisem no google). Eles são caros mais acreditem que funciona mesmo, em dois meses já perdi quase 16 quilos. Claro que tenho algum cuidado com o que como e dou umas caminhas, mas não tenho a menor dúvida que estes comprimidos ajudam bastante.

      Eliminar
  2. Realmente...
    Banha da cobra...
    Isso só engana quem não se preocupa em adquirir o mínimo de conhecimentos sobre nutrição.

    Prefiro ser eu mesmo (meu organismo)a produzir os meus próprios Ketones (cetonas).

    ResponderEliminar
  3. Caro Filipe, eu não seria capaz de imaginar melhor designação para aquele feiticeiro: Oz!

    ResponderEliminar
  4. Mais um excelente artigo, obrigado pelo esclarecimento Sérgio.

    ResponderEliminar
  5. Obrigado Sérgio pela a análise séria!

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde

    Eu testei as RK durante 2 meses, acompanhada por uma dieta de alto valor proteico e baixo de hidratos de carbono.

    Posso dizer que deu resultado. Em 2 meses, e comendo "relativamente" bem (pois sinto muito a falta do pão) perdi 12 Kg.

    Não posso afirmar que foi o milagre RK, mas que foi um milagre, foi!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois ora se você estava a fazer de facto uma dieta alimentar, comer "melhor" e reduzir alimentos que engordam (como os hidratos de carbono, etc), é normal que tenha perdido peso. Concerteza de que nada tem a ver com as RK.

      Eliminar
    2. Tenho de concordar... Muitas pessoas se fizerem isso mesmo sem suplementos vão ter resultados na mesma.

      Com suplementos acham que o suplemento é que é milagroso... Mas nada disso tem lógica...

      Mudança de hábitos e exercício físico pouco que seja faz logo diferença.

      Eliminar
    3. A minha questão é: o que vai acontecer quando parar de tomar esse suplemento?

      Eliminar
    4. Bem, com uma dieta protreica é claro que se perde peso...não é nenhum milagre!!!! posso dizer que fiz à 2 anos 1 dieta à base de proteinas ( não , não era a Dieta Atkins) mas sem deixar totalmente os hidratos de carbono e sem tomar medicação além de vitaminas Centrum perdi 9 kgs num mês :):)
      como vê, não é milagre nenhum!

      Eliminar
    5. Eu tomei o RK durante dois meses, mantendo uma alimentação mais cuidada e não perdi nem um quilo. Acho que a senhora que perdeu 12 quilos conseguiu tal feito graças à dieta de alto valor proteico e baixo de hidratos de carbono.

      Sempre que procurei comentários sobre a RK nunca encontrei uma má referência... parece que desapareciam...!

      Eliminar
    6. Eu conprei RK i levo uma semna tomando nao perdi nenhun quilo tem gente que falo que nao fez nada de dyeta i perdeu varios quilos que nao precisa fazer nada que era so tomar RK que perdia quilos como agua TUDO E UMA MENTIRA EU CAI NESA DOS VIDEOS DO YOTUBE I DOS COMENTARIOS DAS PAGYNAS FALSOS , y perdi 45 euros nessa bosta de RK 1 semana nao perdi ni 1 gramo de meu pesso TUDO E UMA ESTAFA UMA MENTIRA

      Eliminar
    7. Tb da maneira ke te expoea de certeza je não precisas de nada disso

      Eliminar
  7. Já agora podias partilhar aqui o que fizeste para perder tanto peso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poderei com certeza mas este não é o tópico indicado. E não envolveu segredo ou milagre nenhum :P

      Eliminar
    2. Também gostava de um artigo sobre esse tema!

      Eliminar
  8. As pessoas continuam sempre em ir em cantigas...Procuram sempre a facilidade e o comodismo sem nunca mudar o seu modo de vida, os seus hábitos alimentares etc...

    Após a Reportagem que passou na Televisão, as lojas de produtos naturais em Portugal estão cheias de clientes à procura de cetona de framboesa – um extracto de framboesas que, segundo novas pesquisas, pode ajudar o seu corpo a perder peso

    vejam o anuncio.
    http://www.onemoretip.com/pt1/

    ResponderEliminar
  9. Excelente artigo...
    Só me resta uma dúvida... Imaginemos que sou diabética, Tipo I (insulino-dependente). Começo a fazer uma dieta mais restrita (reduzindo os hidratos de carbono de rápida absorção) e o meu nutricionista recomenda-me utilizar Cetona de framboesa, só para "ajudar a emagrecer". Neste caso a RK é benéfica ou prejudicial? Não percebo muito bem no seu artigo quando menciona que "...bem como a maior sensibilidade à acção da insulina. Outros ...e inibição da inflamação causadora de resistência à insulina." Obrigada. Nélia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nélia. O que lhe vou dizer é apenas a minha opinião pessoal baseada na literatura científica disponível. Não é bom nem mau... É absolutamente indiferente.

      Eliminar
    2. Também acho que é absolutamente indiferente...!
      Quando alguém quer perder peso, com suplementos ou não, tende a fazer uma alimentação mais equilibrada e beber mais água... como também é indicado na toma do RK. Acho que é por isso que se perde peso.
      O RK pode ajudar como placebo, mais nada. Digo eu, sem nenhuma cientificidade.

      Repito: tomei durante dois meses e a única coisa que consegui foi frustração, por ter caído em mais uma publicidade enganosa.

      Eliminar
  10. Muito obrigada pelo esclarecimento.
    Devo dizer que descobri o seu blog "acidentalmente" enquanto procurava os efeitos colaterais da RK. Desde então, não consigo parar de ler os seus artigos. :) São simplesmente fantásticos, interessantes e o melhor têm base cientifica! Obrigada por partilhar connosco o seu conhecimento. :) Cumps. Nélia.

    ResponderEliminar
  11. Já fiz tudo quanto é regime alimentar, já tomei CLA, já passei "Fome" e tudo quanto consegui, foi perder 3 ou 4 kg. Também sei que não se deve ingerir líquidos durante as refeições, deve evitar-se gorduras e açúcares, blá blá blá, fiz tudo isso e o resultado não pagou o esforço!!! Desde que comecei a tomar Cetona de Framboesa, o resultado nota-se e em pouco tempo! Vale bem a pena... e digo-o por experiência própria; ninguém me contou! Agora perguntam: -E quando deixar de tomar esse suplemento? Veremos isso depois! todos sabemos que custa mais perder dois kg do que um!!! Se aumentar 1 Kg, há que lutar para o perder antes de aumentar 2!... e se tiver de tomar mais cetonas, pois certamente não vou evitar!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sr. Joel Vitorino,

      Uma vez que, estou interessada em experimentar a Cetona de Framboesa e não sei que marca e onde adquirir o referido produto, agradecia que nos ajudasse com essa indicação.
      Obrigada

      Eliminar
    2. Olá Joel.Será que me pode indicar em que site comprou a cetona de framboesa? é forte ou normal? E toma ao almoço e jantar?
      Obrigada :)

      Eliminar
    3. ola quem tomou este medicamento pode me dizer se sentiu alguma efeitos segundarios tipo coraçao a bater mais rapido obg

      Eliminar
    4. ola joel sentiu algum efeito
      com medicamento obg

      Eliminar
  12. Pois gostaria que alguem me dissesse se já tomou RK e se ao deixar de tomar voltou a engordar? e onde comprar?

    ResponderEliminar
  13. Eu parei de fumar ganhei 10 kgs, fiquei gordinho. Resolvi voltar a fumar e entrei na academia e perdi rapidamente os 10 kgs (3 semanas). será que foi o cigarro que ajudou a perder peso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida!!! O cigarro faz perder peso porque faz perderes o apetite!!
      O ideal era em vez de te alimentares passares a vida a cigarros... e claro.. encomendares o teu caixão!!

      Eliminar
  14. Olá,
    tenho uma alimentação muito equilibrada, não como porcarias. Ando a tomar o RK há 3 semanas e não perdi 1 gr de peso.

    ResponderEliminar
  15. cada vez tou mais confuso, vale ou não a pena tomar a tal cetona de framboesa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora bem, eu estou a tomar a cetona de framboesa forte há 2 semanas , não tenho qualquer cuidado com a alimentação , aliás adoro macdonalds , e posso dizer que já perdi 4 kgs!!! Não pratico qualquer exercício físico e o meu emprego é estar sentada todo o dia praticamente. As únicas coisas que noto é que faz me ter mais sede e bebo mais água e regularizou me o meu sistema digestivo 8 vou mais vezes ao WC ). Portanto com toda a certeza que faz algum efeito. Another thing , Eu conheço o DR. OZ e ele não é de todo um mal entendido na matéria!!!

      Eliminar
    2. Eu pesava 100kg e tinha bf 50%. começei a tomar cetonas e passado 2 meses vou competir em bodybuilding com 100kg na mesma e 4% de bf.
      Um milagre, porque não treino, não faço nada e vivo por cima do Mc.Donalds.

      NOT

      continua com o teu trabalho Sérgio, há povo que não vê porque não quer ver. Quer acreditar numa solução fácil, que não existe. Quer pra emagracer quer pra qualquer outra coisa.
      Um abraço dum leitor assíduo.

      Eliminar
  16. 23.3. 2013 gostava de saber aonde comprar sou diebetica tipo 2 sera que tem comtra indicacoes

    ResponderEliminar
  17. Eu estou a tomar cetona de framboesa a pouco tempo ainda não tenho resultados, mas na ervanária aconselharam que quando atingisse o peso pretendido deveria estabilizar o meta bolismo com cla o que Sergio?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que lhe estão a tentar vender mais um produto... Só isso...

      Eliminar
    2. obrigado...e que ja depoimentos que depois de deixarem de tomar voltaram a engordar e isso não quero....

      Eliminar
  18. Eu não posso falar muito de Cetona de Framboesa, porque também não há muitos comentários de pessoas que já o tenham feito, nem testes. Mas como o Senhor diz mal do produto por ser cientista também sabe que a dieta de proteínas também não é recomendada, certo!?

    "As condições da perda de peso é que se tornam questionáveis quando se fala na dieta da proteína. Dentre os principais riscos de seguir essa dieta, estão:

    -Alto consumo de gordura: o consumo de gordura está liberado, sobretudo a gordura saturada, o que pode aumentar o colesterol e desencadear outras doenças em quem realiza a dieta por muito tempo.

    - Cansaço e fraqueza: na ausência de carboidrato, principal fonte de energia para o cérebro, usa-se proteína e gordura como fonte de energia o que resulta em um processo mais lento, portanto o corpo quebra todo seu processo bioquímico, que é a degradação dos alimentos, provocando cansaço, fraqueza, tontura, etc.

    - Pobre em fibras: devido à suspensão de frutas, legumes e grãos, a dieta se torna pobre em fibras e não garante a ingestão recomendada de vitaminas e minerais.

    - Não favorece a perda de peso a longo prazo e favorece o efeito sanfona: embora a dieta promova perda de peso rápido nas pessoas que conseguem segui-la, ela não demonstra uma perda de peso satisfatória a longo prazo. E por proporcionar rápida perda de peso, nos deparamos com o efeito sanfona, pois o corpo tende a recuperar toda a gordura depois que acaba a dieta. O efeito sanfona é uma agressão ao organismo, é mais saudável manter-se no mesmo peso por um tempo maior, do que promover o ganho e perda de peso a todo o momento.

    - Perda de peso magro: com a retirada do carboidrato por um período maior a atividade do pâncreas fica reduzida, que é o órgão responsável por produzir a insulina, essencial para aproveitar a energia dos alimentos como os carboidratos. Quando a insulina fica muito tempo no sangue ele bloqueia a capacidade do corpo de queimar gordura. Com isso perde-se líquido e massa magra e não gordura. Na balança, é possível notar a perda de peso, mas assim que se retoma a alimentação normal, a probabilidade de voltar ao peso inicial é grande.

    A maioria das dietas da moda possui um valor calórico menor do que a necessidade da pessoa. Por serem tão restritivas e radicais é que se tornam difíceis de seguir por muito tempo, inviabilizam a manutenção do peso e não permitem que após o processo de emagrecimento ocorram mudanças nos hábitos alimentares.

    Por isso, mais uma vez, eu termino um post falando da importância da reeducação alimentar. A perda de peso segura e duradoura só ocorre quando há correção dos hábitos errados. Aliada à reeducação, a atividade física é necessária para perder gordura e não recuperá-la posteriormente. Dietas restritivas, como a da proteína, não são indicadas por ocasionarem o aumento demasiado ou diminuição de nutrientes, causando distúrbios, carências ou toxicidade.

    Para finalizar evidencio que os carboidratos são de extrema importância para a saúde, bem estar e manutenção muscular. E obviamente, como todos os excessos, se consumido além do necessário pode impedir de chegar ao objetivo da perda de peso.”
    artigo de Dra. Maria Eduarda M. Waihrich

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso até tenho as minhas dúvidas... :) Mas não vamos entrar por ai... já falei disso diversas vezes no blogue. Para mais, essa noção de dieta hiperproteica não é a minha, como é facilmente verificável nos meus artigos.

      Eliminar
  19. Boa tarde gstaria de saber se posso tomar co medicamentos para o sangue como o varfine..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dos problemas da falta de estudos em humanos é que essas questões não são profundamente conhecidas. Até ao momento não parece haver interacção. No entanto, dadas as semelhanças com a sinefrina, eu aconselharia cautela.

      Eliminar
  20. Não sei o porque de tanta repulsão! Primeiro, pelos seus comentários e pelo artigo no Blog, apesar de não o conhecer, é quase possível fazer a radiografia. "O Dr. Oz, um tal vendedor de banha da cobra Norte-Americano", revela pela afirmação, que de cientista pouco tem! Ser criterioso e científico é cingir-se aos factos e não ao ataque pessoal, sobretudo quando nada acrescenta, nada diz a não ser cópias de artigos, e nenhum estudo fez para chegar a conclusão nenhuma! Mais cautelas nas palavras ficariam bem. Sobre o resto do que li, são de facto um arrastar quase penoso e com tiques pegureiro, de afirmações pseudocientistas! Resumir o Sr. Oz a um simples “vendedor (…)”, como se de facto ele nada entendesse das coisas, como se o Sr. Cientista o fosse superior… mas sabe o que é pior? É depois dizer sinteticamente, depois de tantos termos científicos, dando um ar de mui douto, que não tem certezas de nada, mas que uma tem…o Dr. Oz é “vendedor (…)”. Uma coisa é certa, ele tem um programa de TV, com grande audiência, e o Sr. Um Blog… Se calhar é isso que o incomoda!

    ResponderEliminar
  21. http://www.sciencebasedmedicine.org/index.php/are-you-ready-for-the-oz-manifesto/

    ResponderEliminar
  22. Aí está um exemplo de alguém que opina sem detrair nem catalogar ninguém. Creio que é um bom exemplo a observar. Quanto ao resto do artigo que indica, esta muito sujeito a discussão, até porque a medicina não explica tudo, por vezes, não explica nada! Está encavalitada em outras áreas das ciências exactas, porque senão seria como o Sr. diz, pura banha da cobra!

    ResponderEliminar
  23. Bom dia gostava de saber se uma criança com 12 anos pode tomar este tipo de medicação.
    obrigada

    ResponderEliminar
  24. ola boa tarde eu gostaria de saber se posso tomar kaspberry ketone forte tendo eu hepatite c. obrigada. me responda pro meu email linoafonso87@hotmail.com

    ResponderEliminar
  25. Lamento muito estes Senhores que se chamam cientistas e que apenas sabem ser radicais. Não conhecem! então não existe! O Mundo com homens como este nunca teria avançado para lado nenhum.
    Este Senhor, Sergio Veloso esuqece-se que há 300 anos para ele, seria completamente impossivel vermos os aviões que hoje em dia todos vemos no ar, Seria impossivel pensar num pransplante de coração, na cura do cancro..... em milhares e milhares de situações identicas..... GRAÇAS A DEUS o Mundo não é feito só de Sergios Velosos e contra muitas criticas identicas a esta, houve pessoas UTEIS AO MUNDO, como este médico que resolveram ignorar estes senhores e provaram vezes sem conta que estas afirmações radicais estavam erradas.
    Estes Cientistas apenas acreditam naquilo que veem e conhecem. Tudo o resto é impossivel e motivo de critica para os mesmos. A Vida extra terrestre não existe, a vida espiritual não existe..... nada existe para eles alem do que aprenderam na universidade e nos seus estudos. Depois disso apenas o que descobriram no seu precurso de vida.
    Não entendo que competencias tem o Senhor Sergio Veloso para difamar este médico que tanto bem tem feito ás pessoas e que transmite informação util a todos nós. Quem dera ao Senhor cientista ter colaborado para o bem do Mundo a centécima parte que este Senhor colaborou. O seu comentário só mostra que o Senhor é um frustado consigo proprio e com ma sua incapacidade de produzir algo. Seja Humilde, saiba dar valor aos outros e aceitar aquilo que você não conhece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão... Se calhar estamos mesmo perante um novo milagre na perda de peso e o Dr. Oz é um visionário. O problema é que: http://www.fat-new-world.com/2013/01/dr-oz-e-os-suplementos-para-emagrecer.html

      Nem ele acredita nos seus próprios milagres...

      Eliminar
  26. Grande Filipe Jorge, apoio 100%, "portugal no seu melhor" o vicio de dizer mal dos outros, mesmo nao sabendo do que estao a falar, pura inveja e dor de cotovelo do sucesso daquele que é, nada mais nada menos, que um dos medicos mais famosos do planeta...absolutamente adorado pelo povo americano, Dr, Oz é um dos médicos mais conceituados dos Estados Unidos, possuidor duma facilidade enorme para comunicar, oferece preciosas informações ao público americano sobre alimentação, perda de peso, relacionamentos e tudo que é importante para uma vida saudável. Para alem de possuir uma humildade e uma preocupação para com a saude do seu povo que é uma coisa extraordinaria, das melhores qualidades dele, a sua sinceridade, quem ve o programa claramente percebe do que estou a falar, ao contrario de quem nao ve e so sabe criticar chamando o dr. oz de vendedor de "propaganda"??? lol
    santa ignorancia! perdoai senhor, que eles nao sabem o que dizem. Para vossa informação: aqui vai: Dr. Oz, nao faz "propaganda" a nehum produto, quando muito, comenta as qualidades ou efeitos dos mesmos, após um estudo e toda uma pesquisa feita pelo proprio, sobre esses mesmos produtos. Dr. Oz, RECUSA a propaganda de qualquer produto, como o proprio ja afirmou, nao patrocina marcas whatsoever. ´pode aconcelhar certos produtos, como disse apos um longo estudo que prove aquilo que esta a dizer. falar sobre os beneficios de certos suplementos alimentares de emagrecimento, quando acompanhado duma dieta saudavel e de exercicio fisico nao é propaganda. propaganda é quando se insiste com os telespectadores para comprarem certos produtos vezes sem conta, prometendo milagres, absolutamente inuteis e enganosos. Conclusao: Façam um favor a vos proprios: aprendam alguma coisa com ele e deixem de ser invejosos. Viva o Dr. Oz. e obrigado filipe pelo teu bom senso e humildade. unico comment de jeito
    Ass. Rute Lopes

    ResponderEliminar
  27. Em relação a cetona de framboesa,querem saber se funciona? Leiam o meu artigo, vao identificar-se e tirar as vossas proprias conclusoes. Decidi experimentar,ha 4 dias, apesar de ser a pessoa MAIS CETICA do mundo em relaçao a tudo o que sao comprimidos para emagrecer e apesar de me dizerem que ja sou sou magra. Sou algo obcecada e tenho alguns disturbios alimentares, mas isso é outra historia... Sei que ja experimentei de tudo, acreditem, de TUDO o que ha no mercado e a desilusao era sempre a mesma até que jurei para nunca mais. Contudo, como podem verificar no meu comentario acima, sou fã do Dr. Oz, pelo que fiquei bastante tentada a experimentar as cetonas após assistir ao seu programa. O que me fez acreditar que este produto seria diferente? O óbvio. A tal da hormona adiponectina que funciona tao bem nas pessoas magras (que comem até porcarias de mais), e menos bem nas pessoas gordas. Sim, a maior injustiça. E agora, a vingança... Ora bem, este produto "engana" o cerebro fazendo-o comportar como magro, ou seja, aumentando a libertação de adiponectina (hormona proteica) que modela vários processos metabólicos, incluindo a regulação da glicémia e o catabolismo (degradação) dos ácidos gordos (adipócitos = células gordas).
    A adiponectina exerce parte dos seus efeitos de perda de peso no cérebro, informando-o que existe “combustível” no organismo para ser utilizado. Quanto maior a produção de adiponectina menor a concentração de gordura no organismo.
    Agora a minha experiencia: ok,apesar de estar a tomar apenas ha 4 dias, digo ja, valeu a pena, isto porque, ja fez mais efeito em 4 dias do que todos os outros suplementos em anos, existentes no mercado dito "milagroso" .
    Noto uma perda de volume significativa, muito menos flacidez, sensação de mais firmeza ou aumento de massa magra, menos apetite ou desejos por doces e mais energia. Estes efeitos sao mesmo verdade e logo nos primeiros dias. Para além da limpeza brutal aos intestinos devido ao efeito da cascara sagrada (comprimido q se toma ao deitar) e noto o efeito logo de manha. Para mim ja valeu a pena, mesmo que seja apenas uma pequena ajuda ja é bom pk o politicamente correcto de vida saudavel ja eu faço habitualmente. Ok, prometo continuar a dar informações sobre a minha "maluqueira" / tentativa Nr.9999... aproximadamente...lol daqui a mais alguns dias, dados mais concretos, mas quem tem duvidas acho que ja fica mais incentivado. Acrescento so, que tive tonturas nos 2 primeiros dias, mas ja passou, unica coisa estranha que notei, embora suportavel e compensavel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rute, também estou curiosa...como correu?

      Eliminar
  28. Parabéns Sérgio pelo excelente Blog. Continue a dar informação científica imparcial e de qualidade. Precisamos de espaços destes.

    ResponderEliminar
  29. É óbvio que deixando de tomar, e voltando à dieta que tinha anteriormente, volta a engordar ... caso contrario, uma vez magra, sempre magra ... isso é que era o verdadeiro milagre !!! Claro que partindo do princípio que o RK serve para alguma coisa ...

    ResponderEliminar
  30. E já agora ... experimentem fazer a dieta que habitualmente fazem, sem mudar nada e tomem os comprimidos ... vejam o quanto emagrecem ... provavelmente nada ou quase nada !!! O "segredo" está na dieta e no exercício físico ... mas isso requer sacrifício, já o tomar comprimidos é facil e não dá trabalho nenhum ...

    ResponderEliminar
  31. DrºSérgio, só uma questão. Sempre tive o metabolismo acelerado e sempre fui magra. Tenho 1,63m de altura e pesava 52kg. Entrei na menopausa e engordei nestes últimos 3 anos, 13kg. Como o mesmo, não sou nada gulosa, nem amante de doces. Faço 5 refeições por dia. Estou a pensar deixar de fumar e sei que vou engordar ainda mais. O que devo fazer? Não queria meter-me a tomar nada desses suplementos milagrosos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não será de todo necessário, porque não existem. O que precisa de fazer é optimizar a dieta e as suas hormonas.

      Eliminar
  32. Obrigada pela informação detalhada que fornece sobre este suplemento, dado que, em Dezembro de 2012, quando procurei informação sobre o tema só encontrava textos publicitários hard sell, o que me deixava desconfortável, particularmente quando falamos de substancias fora do controlo da FDA ou Infarmed. Venho partilhar a minha experiência pessoal, dado que tomo continuadamente as RK desde Dezembro de 2012. Fi-lo como mais uma tentativa de perder os 20 kg que ganhei com 2 gravidezes consecutivas. O que posso testemunhar é que, tendo sido um sucesso pessoal, não serviu (e continua a não servir) para perder um único grama, apesar de eu ter uma alimentação equilibrada. A minha conclusão é que não serve como solução "per si" para perda de peso. No entanto, foi a melhor coisa que me poderia ter acontecido e, por isso continuo a tomar, dado que recuperei finalmente energia, serenidade, tranquilidade, bom humor e uma pele fantástica. Com 2 crianças pequenas o meu desgaste era já "crónico" com um nível de irritabilidade próximo da histeria, ansiedade no limite, um cansaço irrecuperável. Eu desesperava sem soluções. o meu ginecologista tentou uma terapia hormonal, considerando eventual desordem pré-menopausa (fiz laqueação de trompas há 4 anos), sem resultados. Quando já me questionava sobre como conseguiria viver o resto da vida nesta condição miserável, com duas crianças para criar e educar (que não poderiam ser vítimas do meu colapso nervoso), ocorre esta situação de tentar as RK que se revelam um logro para perder peso mas uma solução espantosa para o meu outro (e mais severo) problema. Não tenho formação médica para interpretar o que se passou comigo, não sei se o incumprimento na perda de peso poderá relacionar-se com conflito hormonal ou se as RK são efetivamente ineficazes e indevidamente promovidas para aquele efeito, no entanto graças a elas sou hoje, e apesar de gorda :-), uma mulher feliz, serena e equilibrada. Tomo continuamente 1 cápsula diária com 150/200mg de RK desde Dezembro de 2012 e pretendo assim continuar. Espero que este testemunho contribua para mais alguma clarificação sobre o tema e novamente obrigada, dr Sérgio, por partilhar o que sabe connosco. Maria L., Sintra

    ResponderEliminar
  33. Tomei durante um mês e não me fez absolutamente nada. Nem um kilo perdido. Penso que é mais um produto de marketing agressivo mas sem resultados práticos mensuráveis. Pelo menos para mim não resultou em nada. Tendo a concordar com o pragmatismo do artigo e com a honestidade do seu autor. Emídio Santos,

    ResponderEliminar
  34. A única coisa que posso dizer é que tomo há 5 meses e já perdi 15Kgs, juntamente claro com dieta e exercício. Não sei se será sugestão ou não mas funcionou :) Compro as cetonas da Sparks no Celeiro e 2 cápsulas (a toma diária recomendada) contem 1200mg de cetona de framboesa.

    Estou muito contente com o resultado e mantenho !

    ResponderEliminar
  35. Sim??? Conclusão não é aconselhável tomar estes comprimido??

    ResponderEliminar
  36. pk não e vendido para as ilhas

    ResponderEliminar