17 de janeiro de 2013

Pão contém substâncias potencialmente carcinogénicas, mas é seguro...


O título deste artigo parece uma anedota mas tem a sua razão de ser. Investigadores da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra avaliaram a segurança do pão consumido em Portugal, em particular a presença de micotoxinas potencialmente perigosas como a ocratoxina A. Estas substâncias são produzidas por fungos que se desenvolvem nos cereais e apresentam uma toxicidade considerável. Apesar da sua presença em muitas das amostras, os seus níveis estão abaixo do regulamentado pela Comissão Europeia. A verdade é que quando falamos em níveis de segurança, tudo depende da quantidade e da frequência com que o alimento é ingerido. Se eu comer 1 Kg de pão por dia será que a quantidade de ocratoxina continua a ser inócua? Convém não esquecer que Portugal tem um consumo de pão bastante elevado e que está enraizado na nossa cultura.


Mais sobre esta notícia no site do Ciência Hoje.

3 comentários:

  1. caro Sérgio, já está feita a mudança para o pão Prokorn, obrigado pela dica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que percebi, não faz diferença que tipo de pão seja, já que qualquer um pode ter micotoxinas acima do legislado! Que parece ainda não ser o caso em Portugal!

      Eliminar
    2. Portugal,de facto consome muito pao, batatas,feijoes e outros farinhaceos,contudo e um Pais de obesos com doenças cronicas.Talvez alguma coisa esta errada na dieta.Os nutricionistas deviam meditar na chamada dieta saudavel por eles receitada.

      Eliminar