21 de fevereiro de 2013

O escândalo da carne de cavalo


Não entendo a razão de tanto alarido em torno da carne de cavalo. Ou entendo mas até tem o seu lado positivo! Fraude económica à parte, a carne de cavalo é provavelmente uma das melhores que podemos encontrar. Mais magra que a de novilho ou porco (aprox 5 g de gordura por 100 g), é também uma proteína completa e rica em micronutrientes. Mas isto não é tudo... Com um impressionante rácio ómega-6:ómega-3 de 0,6, a carne de cavalo deverá estar no todo da lista para um perfil lipídico ideal. Aposto que estavam todos a pensar na nossa saúde!


Bourre, JM. The Journal of Nutrition, Health & Aging. 2005; 9(4): 232-242.


Eu não gosto de carne de cavalo :). E claro que não gosto de ser enganado, o que é difícil já que não como o tipo de comida processada em causa. Estamos perante uma situação grave de fraude é certo. Aproveitei apenas para alertar que a carne de cavalo é uma opção muito saudável quando comprada como tal.

10 comentários:

  1. Sendo residente na Irlanda e seguidora de um estilo de vida Primal/Paleo, o que me preocupou na noticia nao foi o facto da carne picada ter carme de cavalo (ate porque nunca compro comida pre cozinhada/temperada) mas sim o facto de a carne de cavalo ser muito cara por ca. Se a carne de cavalo e cara e eles estao a substituir carne de vaca por carne de cavalo, qual sera a qualidade dessa carne? Nem quero imaginar...

    PS: Nao consigo comer carne de cavalo (conscientemente).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desconhecia. Em Portugal a carne de cavalo é mais barata que a de vaca.

      Eu também não gosto muito do sabor e apenas como muito esporadicamente.

      Eliminar
  2. A mim não me faz confusão nenhuma a carne ser de cavalo... Ou não faria, caso constasse da lista de ingredientes... Agora se lá está uma coisa que não era suposto, isso revela que houve falta de controlo... Até que ponto?? Melhor nem pensar nisso...
    A solução é mesmo ficar longe dessas coisas pré preparadas...

    ResponderEliminar
  3. Primeiro julgo que devemos definir o que é "carne". Para mim carne é músculo e não as aparas de pele, gordura e sabe-se lá que mais. Carne picada é a carne que mando picar no talho depois de escolher a peça que quero.

    Relativamente ao escândalo, compreendo e apoio tanto alarido. Trabalhando na Indústria Alimentar e Farmacêutica há vários anos, acredito que as regras básicas de comercialização devem ser cumpridas. Ou seja, vender cavalo e chamar-lhe vaca é um crime que deve ser punido. Sobretudo porque não estamos a falar de um talho que enganou meia dúzia de clientes...estamos a falar de multinacionais que facturam milhões à custa de consumidores como nós. Esta fraude é grave, muito grave. Na procura de produtos mais baratos e rentáveis, algumas empresas, caem, infelizmente, na guerra desleal...

    Volto à minha questão inicial, a McDonald's diz que os hamburgueres são feitos de 100% carne de vaca... o que é carne?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu entendo perfeitamente o problema e, como disse, a questão é mesmo a fraude. Estava apenas a satirizar a situação, aproveitando para mostrar que a carne de cavalo é uma opção muito saudável. Não obviamente nos produtos processados em questão, mas comprada no talho como tal.

      Eliminar
  4. Parece que o problema vai alem: contaminacao por analgesicos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro!
      Os cavalos que estão a ser abatidos são animais que não foram especificamente criados para consumo, logo é normal que a dose que antibióticos e analgésicos seja muito diferente à que encontramos em carne de animais criados especificamente para abate!

      Eliminar
  5. Já agora em que grandes superfícies portuguesas podemos encontrar carne de cavalo para consumo, no continente não encontrei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei dizer... Sempre que comi foi comprada num talho local.

      Eliminar