4 de março de 2013

Mulheres ao poder, menos fome no Mundo


Olivier De Schutter, relator da ONU para o direito à alimentação, defendeu hoje em Genebra que a melhor estratégia para reduzir a fome no Mundo é dar mais direitos às mulheres. O especialista citou estudos a demonstrar que as hipóteses de sobrevivência de uma criança aumentam em 20% se for a mãe a assumir o controlo do orçamento familiar. Segundo De Schutter, cerca de 55% da redução da fome pode ser atribuída ao papel mais importante das mulheres na sociedade. Só o progresso na sua educação teve tanto impacto como o aumento da disponibilidade de alimentos e melhores cuidados de saúde juntos. O relator recomenda que sejam tomadas medidas no sentido de melhorar os cuidados infantis de forma a integrar as mulheres no mercado de trabalho. Prevejo que vou ouvir falar disto durante muito tempo...


FONTE




Sem comentários:

Enviar um comentário