29 de maio de 2013

A Coenzima Q10 reduz a mortalidade em pacientes com insuficiência cardíaca


Este ano, o meeting sobre insuficiência cardíaca da European Society of Cardiology teve lugar Lisboa. Estes eventos são sempre locais muito interessantes de divulgação científica. De acordo com uma equipa de investigadores Dinamarqueses, os suplementos de Coenzima Q10 podem reduzir a mortalidade por quase metade em pacientes com insuficiência cardíaca. Um resultado impressionante para um produto não-farmacêutico, e comparável ao atingido pelos inibidores da ACE e beta-bloqueantes.


A Coenzima Q10 é essencial para a integridade e função das mitocôndrias, funcionando como um intermediário no processo de geração de energia e antioxidante. Os níveis de Coenzima Q10 estão reduzidos no miocárdio em pacientes com insuficiência cardíaca, dificultando a contracção e bombagem do sangue pelo corpo. Além disso, a terapia "chapa 5" com estatinas nas doenças cardiovasculares reduz ainda mais os níveis de Coenzima Q10. A terapia com CoQ10 é primária em alguns países, principalmente no Norte da Europa, e alguns médicos não a dispensam como complemento aos fármacos convencionais. Na verdade, ela é, ou deveria ser, um fármaco convencional...

Apesar de estar presente em alguns alimentos, a quantidade necessária para aumentar significativamente os níveis intra-celulares será dificilmente atingida no contexto de uma dieta saudável. A suplementação é o mais viável. Mas além da insuficiência cardíaca, e como já disse por aqui, considero que a  CoQ10 deve ser utilizada por todos os que fazem terapia com estatinas. Estas drogas bloqueiam a síntese de CoQ10, causando sintomas de dor muscular e degeneração. Vindo da área de onde venho, é natural que tenha um certo fascínio pela CoQ10... Se tiver tempo, coisa que tem sido escassa ultimamente, farei um artigo mais aprofundado sobre ela.

8 comentários:

  1. Parabéns pelo post Sergio, sou do Brasil e sigo seu trabalho!

    Somos a primeira empresa no Brasil que conseguiu registro da Coenzima Q10 como suplemento e estamos trabalhando bastante para divulgar cada vez mais esse excelente. Para saber mais acesse nosso site www.nutritionsolutions.com.br ou pelo facebook https://www.facebook.com/NutritionSolutionsBR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. Não conhecia a marca... Vou dar uma vista de olhos.

      Cumprimentos

      Eliminar
  2. Sérgio, às vezes temos que descer à realidade, o COQ10 é um produto extremamente caro, e não é comparticipado este produto nunca irá ser vendido de forma generalizada. Existem duas versões ubiquinona e ubiquinol ( tenho lido que o ubiquinol é mais facilmente absorvido (? ) e as doses do produto vendida nas farmácias parecem-me ser extremamente baixas pois creio que eventualmente os estados de maior carência precisam de 200 mg dia (?) Pelo que sei é um produto de difícil de produção e só conheço uma empresa que o fabrica a Kaneka que por sinal é japonesa. O que tenho visto é administrar estatinas a doentes acamados ou em cadeira de rodas com o consequente agravamento de perda de mobilidade e possível surgimento de problemas cardíacos. Estamos a falar de pessoas idosas e sem recursos culturais e monetários.Já agora uma vez que que o COQ10 é liposoluvel não será bom tomá-lo conjuntamente com a principal refeição ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A CoQ10 é lipossoluvel. Poderá ser util ingerir em conjunto com lípidos mas algumas formulações já tê^m^isso em consideração.

      Eliminar
  3. Olá Sérgio, volto muitas vezes ao blog para encontrar mais informação "prometido" sobre a Coq10. Pode sugerir uma marca de Ubiquinol que esteja à venda em Portugal? O meu pedido de ajuda está relacionado com a saúde.Tenho conhecimento da Solgar mas preferia ter uma referência sua. Compreendo que não goste de fazer publicidade e respeito caso prefira não divulgar. Quando disponibiliza os seus serviços no Porto ? Muito obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia. Tem ubiquinol de boa qualidade da Douglas Laboratories ou Thorne Research. A Douglas vende-se no SEMT do Porto. Para já não há perspectivas de serviços no Porto, infelizmente... Cumpts

      Eliminar
  4. Boa tarde, estive ontem numa acção de formação sobre coenzima Q10 e basicamente falaram dos uso na insuficiência cardíaca e também como tratamento adjuvante na terapeutica com estatinas, mas um dos oradores também mencionou o uso diário por atletas de alta competição e como parte integrante do "tratamento" do overtraining. Tem alguma opinião sobre este tipo de utilização? Obrigado e cumprimentos

    ResponderEliminar