28 de maio de 2013

Os refrigerantes açucarados aumentam o risco de pedra nos rins


Fala-se muito dos míticos problemas renais associados ao consumo de proteína acima da miserável recomendação, mas poucas vezes ouvimos que o açúcar, e os refrigerantes em particular, aumenta consideravelmente o risco de pedra nos rins. Um estudo prospectivo publicado no Clinical Journal of the American Society of Nephrology veio agora reforçar essa associação, mostrando que as pessoas que bebem apenas uma refrigerante açucarado por dia têm 23% maior risco de desenvolver pedra nos rins, comparativamente àqueles que apenas consomem uma vez por semana. O consumo de café, chá, cerveja, vinho e sumo de laranja revelou-se associado a um menor risco.


Se de facto existe uma relação causal entre o consumo de refrigerantes açucarados e a formação de pedra nos rins é impossível de dizer com base apenas neste estudo. No entanto, é concebível que o potencial acidificante do açúcar e destas bebidas em particular contribua para descalcificação óssea e deposição nos rins.

Existe uma grande tolerância das autoridades de saúde relativamente ao açúcar. É mau... mas um bocadinho só não. Isto faz-me um pouco de confusão mas se calhar sou um pouco extremista.O lobbie da indústria alimentar é óbvio. A meu ver, a recomendação deveria ser para retirar por completo todos os açucares adicionados da dieta, limitando-a aos que estão presentes nos alimentos (reforço "alimentos", e não "produtos"). A mesma opinião foi expressada pelo Dr. Aseem Malhotra num artigo publicado recentemente no British Medical Journal, e que vos deixo aqui para ler.








Sem comentários:

Enviar um comentário