12 de junho de 2013

A resistência à insulina diminui a resposta da dopamina ao açúcar


A resistência à insulina está associada a uma ingestão excessiva, em particular de alimentos doces. Julga-se que isto se deva a uma disfunção nos mecanismos centrais de regulação do apetite e prazer. Um estudo apresentado no meeting da Society of Nuclear Medicine and Molecular Imaging mostra que os indivíduos resistentes à insulina têm uma menor libertação de dopamina após ingestão de açúcar. A dopamina está relacionada com o sistema de recompensa e prazer, que parece não funcionar normalmente nestas pessoas. Os investigadores especulam que isso poderá levar ao consumo excessivo de forma a compensar a resposta atenuada. 

1 comentário:

  1. será que isto seja devido a níveis menores de grelina que se instala na resistência à insulina?(hiperinsulinémia diminui os níveis de grelina)
    Níveis elevados de grelina aumentam o pico de dopamina, aquando da ingestão de açúcar, nas regiões do cérebro responsáveis pela recompensa levando a comer menos

    ResponderEliminar