4 de julho de 2013

Desafio Men's Health


Há 2 meses a Men's Health e o jornalista João Parreira lançaram-me um desafio. Acompanhá-lo na sua jornada de 12 semanas para um corpo de capa. Confesso que ao início fiquei de pé atrás com a ideia. Embora homens a querer um 6-pack não faltem, poucos são capazes de fazer o que é preciso. E nem sequer é por aí que devemos avaliar a condição física, apesar de ser esteticamente apelativo. Mas não me pareceu ser o caso do João. A sua motivação e empenho fizeram-me acreditar que seria possível e que a minha dedicação não seria em vão. Assumi o aconselhamento nutricional e, em equipa com os personal trainers Bernard Oliveira e Samuel Corredoura, irei acompanhá-lo até ao seu objectivo - ser capa da Men's Health. E até agora não me arrependi em nada!

-->

O João começou o programa no dia 1 de Junho, com 66,6 Kg de peso e 13,5% de massa gorda (Bioimpedância).


Hoje, dia 4 de Julho, cerca de 1 mês depois, o João tem 67,2 Kg e 10% de massa gorda. Mais 700 g e menos 3,5% de massa gorda. Isto a ingerir uma média de 3200 kcal/dia, bem mais do que estava habituado. Dificilmente poderia estar mais satisfeito, para mais tendo em conta que o João já frequentava o ginásio. Segredo? Consistência... Stick to the plan. Quando assim é, arriscamo-nos a ter resultados.


A dieta que o João está a seguir não foge em nada ao que tenho escrito aqui no blogue. E numa coisa fui intransigente: dormir 7-8 h por noite! Acho que foi o que lhe custou mais. Mas para mais detalhes sobre o plano nutricional, treino e fotos, sigam a página do facebook que ele criou para o efeito:


Vamos a isso? Mais 2 mesinhos pela frente! ;) Mas o meu objectivo aqui não é fazer do João apenas capa da revista. É sim que ele continue o processo depois de Setembro, pelo seu próprio pé, e daqui a um ano veremos!






NOTA: Não sou nutricionista como sabem e não faço acompanhamentos nutricionais. É um caso excepcional, sem prescrição de um plano alimentar vinculativo, a convite da própria revista, e sem qualquer remuneração associada (logo não podemos falar em actividade profissional). Por nenhum momento foi dito ou passada a ideia de que sou nutricionista ou exerço uma profissão regulada de forma abusiva.

9 comentários:

  1. Pelo que li então ele não era novato em termos de pratica de musculação, o que explicaria os ganhos de massa magra e perda de BF%. Está a realizar dieta de recomposição? abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Helder,

      Ele e o PT poderão responder melhor a essa pergunta. Ele já frequentava o ginásio e, pelo que sei, com treino acompanhado. Estou certo é que não seria com a mesma intensidade e metodologia. Mas como disse, ele poderá responder melhor a isso.

      A dieta é de recomposição sim. Julgo que ele irá revelar mais pormenores na página.

      Abraço

      Eliminar
  2. Pois uma possível falha anteriormente pode ter sido a baixa intensidade ou uma metodologia menos correta, o que lhe confere por assim dizer um novo estatuto de novato, e consequentemente permitir os resultados obtidos. Eu nunca tive muito sucesso em juntar ambas as variáveis, só alcançava meios resultados, pelo que daí em diante me tenho focado num só objectivo.

    Vou estar atento a pagina obrigado Sérgio ,

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Olá Sérgio, os meus parabéns pela assessoria nos resultados obtidos. Fiz umas contas e foram perdidos apróx. 2,3kg de gordura e houve um aumento de 2,9kg de massa magra. Acontece que desses 2,9kg, 1,9kg vieram da retenção de água (hipertrofia sarcoplasmódica). Isso vai de encontro a um feedback que em tempos te dei em que até hoje, com as várias pessoas que trabalhei, nunca vi um aumento da massa muscular (hipertrofia miofibrilar) superior a 3kg e atrevo-me mesmo a dizer que o valor referência de massa muscular para um homem com a altura do João Parreira rondará os 32kg (dependendo do aparelho usado na medição).
    Quis apenas deixar a observação sobre a proveniência do aumento da massa magra e desejar a maior das sortes e sucesso no alcance dos resultados pretendidos.
    Abraço,
    Açores

    ResponderEliminar
  4. olá Sérgio. Existe algo que está a escapar. Com as stats do João, o seu valor de manutenção ronda as 2500 calorias. Estando ele a consumir em média 3200 por dia, como se explica os resultados de perda de gordura?? Se por ventura ele estivesse a realizar um excedente calórico em dias de treino e défice em dias de descanso, ainda compreendia, mas não é o caso. Como referido na pagina de facebook ele consome 3000 em dias de descanso e 3400 em dias de treino. Ambos bastante acima do valor de manutenção. Como se explica os resultados?

    cumps

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As suas conclusões estão ao contrário. Não há nada de errado com a dieta nem com os resultados. As fórmulas de cálculo é que são desajustadas para os objectivos e características do João. Cada caso é um caso e posso adiantar que esta semana vão aumentar um pouco mais...

      Eliminar
    2. Tem toda a razão. Desprezei o fato de o João ser ectomorfo, pelo que as calorias de manutenção estão bem acima das 2500 . Neste caso ele utilizou um excedente calórico em dias de treino e défice em dias de descanso? Qual a opinião e recomendação do Sérgio acerca desta abordagem? será superior , comparativamente a estratégias de perda de gordura ou ganhos de massa limpa isoladamente?

      Cumprimentos

      Eliminar
    3. Olá Emanuel. O João está sempre em excedente energético. Para os objectivos dele, e nos timings que temos, é a melhor forma de trabalhar. A comer limpo como está, os ganhos de gordura serão residuais, para mais tendo em conta as características do João. E impossível dizer que esta estratégia é melhor ou pior porque depende de cada caso individualmente e dos objectivos propostos. Se estivesse a trabalhar com um endomorfo puro, nunca seguiria esta abordagem.

      Eliminar
  5. Desde já os parabens pelo blog, e pela belissimo trabalho para toda a comunidade que o segue."cerca de 1 mês depois, o João tem 67,2 Kg e 10% de massa gorda. Mais 700 g e menos 3,5% de massa gord" " Isto a ingerir uma média de 3200 kcal/dia" . É possivel nos conseguir-mos fazer um plano alimentar mesmo rigido de maneira a ter resultados parecidos?Por onde começamos? Eu já fui a uma nutricionista mas a verdade é que claramente era nutricionista so para pessoas gordas, ela nem sabia bem como me ajudar a ganhar definiçao ou ganho de massa muscular.

    ResponderEliminar