22 de outubro de 2013

Os ómega-3 estão associados a um menor risco de acidentes vasculares nos idosos


Os benefícios dos ómega-3, EPA e DHA, são bem conhecidos, embora alguns ainda se lembrem de os associar ao cancro [link]. De acordo com um novo estudo publicado no Journal of the American Heart Association [link], os níveis de ómega-3 no sangue parecem associados de forma inversa ao risco de episódios isquémicos transitórios e outras anomalias a nível cerebral em idosos. E estamos a falar numa redução de 40% quando comparamos os indivíduos com níveis mais elevados com os mais baixos. Estes resultados vêm confirmar resultados anteriores com a mesma amostra, associando o consumo de peixe a um efeito protector a nível cerebral. Claro que se trata apenas de mais um estudo epidemiológico, e que associação não significa causalidade. Uma das lições mais importantes que eu quero fazer passar aqui no blog. No entanto, e tendo em consideração a decadente dieta moderna, não serão poucos os que de facto terão benefícios com o aumento da ingestão de ómega-3. Várias razões já foram aqui apontadas [link]...


2 comentários:

  1. O peixe não é uma boa fonte de Omega-3, esta gordura é apenas uma das muitas que o peixe contem.
    Sementes de Chia são a melhor fonte, de cálcio e omega-3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Discordo. As sementes de chia são uma boa fonte de ALA, mas a taxa de conversão em EPA e DHA é inferior a 10%. Lembro que é o EPA e o DHA que acabam por ter actividade biológica.

      Eliminar